Fã de umas boas tacadas? Os melhores campos não estão só no Reino Unido. Para aperfeiçoar o swing ou apreciar a paisagem, eis sete destinos com greens a perder de vista.

Faro, Portugal

Não foi por acaso que a primeira edição dos World Golf Awards de 2014, distinguiu Portugal como o melhor destino para os amantes da modalidade. Graças ao clima, à paisagem, aos hotéis e às condições dos terrenos, é um país de eleição quando chega a hora de escolher o campo ideal.

O destaque vai para sul, entre Vila Nova de Cacela e Vilamoura, onde encontra greens reconhecidos pela Europa, perfeitos para treinar as suas tacadas em qualquer estação.

village-_0004_faro-portugal

Valência, Espanha

Dos mais de 50 milhões de pessoas que visitam Espanha por ano, não é surpresa que cerca de 300 mil venham ao país das tapas e da paella para aproveitar alguns dos melhores campos da Europa.

A costa valenciana é uma espécie de paraíso para golfistas. Há dezenas de torneios a decorrer anualmente e no todo da “Comunitat” são mais de 30 os campos, alguns com uma bela vista para o Mediterrâneo.

 village-_0000_valencija-italia

Sevilha & Málaga, Espanha

A Andaluzia é abençoada com mais de 300 dias de sol por ano. Uma zona fantástica para o contacto constante com a natureza e a prática do golfe. Nos arredores de Sevilha são vários os campos de renome europeu e excelentes infra-estruturas de apoio.

Mas a maior parte está concentrada na Costa do Sol, entre Málaga e Cádiz — foi mesmo nesta última que se realizou a primeira edição de sempre da Ryder Cup em solo europeu.

 village-_0007_sevilha village-_0006_malaga

Marraquexe, Marrocos

Marrocos é o país anfitrião de um turismo cada vez mais luxuoso. Entre os típicos mercados de rua e uma gastronomia deliciosa, há cada vez mais espaço para praticar em campos de grande qualidade.

Tanto Casablanca como Tânger têm excelentes campos nas redondezas, mas é em Marraquexe vai encontrar pelo menos três de referência internacional. Junte-se aos 100 mil jogadores anuais e dê uso ao seu ferro debaixo do sol marroquino.

 village-_0002_marrakesh

Hamburgo, Alemanha

De acordo com a Federação Alemã da modalidade, há mais de 650 campos de golfe no país a servir cerca de meio milhão de associados.

Quer descobrir porquê? Venha até uma das cidades no norte da Alemanha ver por si mesmo, já que é lá que ficam cinco greens do top 100 europeu. Comece por Hamburgo, onde fica um dos campos dos arredores foi escolhido pelo campeão Tiger Woods como local de treino durante uma tour pela Europa.

 village-_0003_hamburg

Toulouse, França

Com as suas paisagens variadas e relevos, este país de castelos e vinhas é um dos principais destinos para o golfe. E em 2018 vai ser anfitrião da prestigiada Ryder Cup. Atualmente, existem mais de 550 campos para cerca de 360.000 jogadores.

Quer baixar o seu handicap em França? Marque viagem até Toulouse, onde vai encontrar bons campos nas redondezas da cidade. Seja um aprendiz ou um verdadeiro profissional da modalidade, a cidade tem oferta suficiente para todos os gostos e habilidades.

 village-_0001_toulouse

Copenhaga, Dinamarca

Visitar esta capitalescandinava é já toda uma ocasião. Bons campos de golfe são um bónus apreciável, sendo que a paixão dos dinamarqueses tem vindo a crescer.

Há mais de 200 campos, o que é considerável para um país desta dimensão. Um deles, a norte de Copenhaga, no antigo solo de caçadas reais na reserva natural Dyrehaven — não se admire se reparar em “espectadores” de quatro patas a espreitar entre as árvores. E a apenas 20 km da capital, em Ishøj, encontrará um cenário esculpido à imagem do Grand Canyon. Inspirador!

village-_0005_copenhaga

Você sabe qual é o taco mais adequado para cada situação de jogo? Venha conferir.

Fonte: FlyTap