No dia primeiro de maio de 1839 dois imigrantes, o polonês, Antoni Patek (empresário) e o Checo Franciszek Czapek (relojoeiro), fundam a Patek, Czapek & Co. em Genebra. O Sr. Patek conhece o relojoeiro francês Adrien Philippe no ano de 1844 em Paris, onde Adrien Philippe apresentou seu sistema pioneiro e inovador que permitia configurar o relógio pela coroa. No ano seguinte Franciszek Czapek decidiu deixar a empresa, que passa a se chamar Patek & Co. Mais tarde, em 1851 quando Adrien Philippe torna-se oficialmente sócio de Antoni Patek, a empresa, já focada no mercado de relógios de luxo, recebe o nome de Patek Philippe & Co.

Com mais de 175 anos de tradição, a Patek Philippe é legitimamente considerada a mais prestigiada relojoaria da indústria, e uma das mais antigas marcas de relógios de luxo existentes hoje em dia. Com sua história próspera e longa de projetos e inovação sem igual, esta companhia é como uma religião para a maioria de connoisseurs da Haute Horlogerie (francês para Alta Relojoaria).



Dizem que menos de 1 milhão de relógios Patek Philippe foram feitos desde 1839, menos do que alguns fabricantes de renome produzem em um ano. A produção de um de seus relógios é tão detalhada que leva nove meses para fazer seus modelos mais básicos e mais de dois anos para produzir alguns dos relógios mais complicados. Enquanto isso, a demanda em todo o mundo cresce; alguns relógios Patek Philippe são tão procurados que os compradores devem se submeter a um processo de seleção para serem considerados colecionadores de alto nível.

O equilíbrio entre o design, a arte e a elegância em um Patek Philippe é incomparável; o corpo do relógio, por exemplo, diz tudo: podem parecer simples na sua execução, mas a Patek Philippe não escolhe a forma mais fácil. Alguns outros relojoeiros tem os corpos de seus relógios moldados e acabados em máquinas; na Patek Philippe, os corpos são feitos na própria empresa e muitas vezes forjados a partir de peças sólidas de ouro ou platina.

Colecionadores de Patek Philippe não são como outros colecionadores de relógios. As peças não são chamativas, e elas não precisam ser. Isso porque a elegância sutil de um Patek Philippe revela confiança. Em outras palavras, os proprietários de um Patek Philippe sabem que eles têm o melhor em artesanato, patrimônio e design em seus pulsos, e uma vez que você possuiu um Patek Philippe, você se eleva a outro nível de colecionador.