Foz do Iguaçu é muito conhecido por suas Cataratas, uma das 7 novas maravilhas do mundo, como também pela hidrelétrica de Itaipu que abastece uma parcela dos brasileiros e a maioria dos argentinos. Todos os anos, mais de um milhão de pessoas visitam os atrativos de Foz. E neste palco de beleza natural há coisas que talvez você não saiba, ainda.

Começando por um local pouco conhecido, para quem busca viajar para Foz. Na grande maioria das vezes, a maior atração acaba sendo suas Cataratas, mas tem mais do que isso para se ver. Por um acaso, você sabia que existe uma Mesquita Islâmica em Foz do Iguaçu. Se não, vou te explicar um pouco sobre isso.

2108175508-mesquita

A Mesquita foi inaugurada em março de 1983 e no local também pode-se encontrar, a Escola Árabe Brasileira e o Centro Cultural Beneficente Islâmico. Em sua visita, é importante respeitar o local. Exemplo disso seria que para entrar na Mesquita, as mulheres precisam cobrir os cabelos. Além disso, todos precisam tirar os sapatos antes de entrar no salão e precisam usar calças compridas. Por dentro é possível ver a riqueza em detalhes, de impressionar qualquer um. Uma senhora que cuida da Mesquita irá te ensinar sobre a cultura árabe e sobre o papel da mulher neste contexto. Vale muito a pena fazer uma visita. Seu destino não precisa ser outro país para conhecer um pouco desta cultura.

Outra curiosidade muito interessante, é a relação do Santos Dumont e as Cataratas do Iguaçu. No principal passeio das Cataratas é possível observar uma estátua de tamanho real do pai da aviação. Porém, nem todos sabem o motivo da existência deste monumento. E se pensou que ele sobrevoou o Parque, está enganado. Sua estátua está lá, porque sem Dumont, o Parque Nacional do Iguaçu, sequer existiria.

dsc03680

Vou te explicar.

Em 1916, Santos Dumont, se hospedou em um hotel em Foz do Iguaçu. Um hoteleiro Uruguaio, Frederico Engel, levou ele para conhecer o atual atrativo turístico. Ele ficou encantado, e logo descobriu que pertencia a Engel, e não gostou muito.

“Posso dizer-lhe, Frederico Engel, que estas maravilhas em torno das Cataratas não podem continuar a pertencer a um particular.” – Santos Dumont (25/04/1916)

Naquela ano, Dumont já era conhecido e tinha influência. Ele levou a ideia para o governador do Paraná naquela época. Mesmo após sua morte, em 1932, o projeto não foi esquecido e, em 1939, o Presidente Getúlio Vargas assinou o decreto que criava, oficialmente, o Parque Nacional do Iguaçu

A estátua foi posta na trilha do Parque em 1979, pela filha do hoteleiro, aquele que levou Santos Dumont para conhecer as Cataratas.

Quer saber mais sobre este lugar maravilhoso? Venha para Foz nesta férias.